header top bar

section content

Sindicalista de Cajazeiras revela que procurou Igreja para tentar resolver problemas com a prefeitura

Segundo a sindicalista, há três meses tenta dialogar o prefeito Zé Aldemir (PP), mas não obteve êxito e ameaçou procurar a Justiça

Por Luzia de Sousa

13/07/2018 às 11h40

A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Cajazeiras (SINFUMC), a professora Elinete Lourenço, em entrevista nessa quinta-feira (12), ao programa Jornal da Manhã da TV Diário do Sertão, apresentado por Petson Santos declarou que procurou ajuda da Igreja para tentar resolver uma questão com a prefeitura municipal.

Segundo a sindicalista, há três meses tenta dialogar o prefeito Zé Aldemir (PP), mas não obteve êxito.

Como alternativa, Elinete disse que procurou a Cúria Diocesana de Cajazeiras, e conseguiu juntamente com o Bispo Dom Francisco conversar com assessores da prefeitura, que teriam prometido analisar uma proposta de reajuste de até 2%, mas que também não foi efetivado

De acordo com Elinete, caso o prefeito não receba os sindicalista acionará a Justiça.

Atrasados
Quanto aos salários atrasados de 2012, ela explicou que continua lutando para que os servidores recebam, e relembrou que os salários de 2008 foram pagos após 8 anos de batalha judicial.

DIÁRIO DO SERTÃO

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio