header top bar

section content

ISSO PODE? prefeitura é acusada de impedir convocação de jovem aprovada em concurso público de Sousa

Para o cargo de Agente de Combates às Endemias, foram oferecidas três vagas, porém apenas o primeiro colocado foi convocado

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

16/05/2018 às 09h08 • atualizado em 16/05/2018 às 11h40

Jovem foi aprovada em 3° lugar, mas a prefeitura não fez a convocação (foto: DS)

A jovem Marcia Daniele Sarmento Vieira, de 26 anos, precisou acionar o ministério público para tentar assumir uma vaga no concurso público da prefeitura de Sousa. Ela foi aprovada dentro das vagas para o cargo de Agente de Combates às Endemias (ACE), porém, o atual gestor, Fábio Tyrone (PSB) não fez a convocação.

O concurso foi realizado em 2014 na gestão do ex-prefeito, André Gadelha (PMDB) e ofereceu 416 vagas em todos os níveis de escolaridade e salários que variam entre R$ 724 e R$ 2 mil.

De acordo com o edital, foram oferecidas três vagas para o cargo de Agente de Combates às Endemias, porém apenas o primeiro colocado foi convocado ainda na gestão anterior. Os outros dois candidatos aprovados ainda aguardam que a atual gestão faça a convocação.

Em contato com o Diário do Sertão, Marcia Daniele que é natural de Santa Cruz, mas mora há seis anos na cidade de Sousa, afirmou que estudou muito para o concurso e credita na justiça para assumir o cargo público.

Veja também: Advogado diz que candidatos podem acionar justiça para assumirem cargos

Jovem ficou na terceira posição no concurso (foto: Gazeta de Sousa)

Os candidatos aprovados fizeram curso de formação

A validade do concurso é de dois anos, a contar da data da publicação da homologação, podendo a validade ser prorrogada uma vez por igual período.

Homologação do cargo de Agende de Combate às Edemias (foto: Gazeta de Sousa)

Outro lado
A reportagem entrou em contato por telefone com o secretário do Diário do Sertão, Sauly Gomes, para ele falar sobre o caso, porém, ele afirmou que assuntos institucionais só poderiam ser tratados na Sede da Secretaria de Administração no período da manhã. Nesta terça-feira (15), às 09h nossa equipe esteve na sede da secretaria, mas, Saully não foi encontrado.

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO

Historiador diz não ‘concordar’ com mudança na data comemorativa de emancipação política de Cajazeiras

DETALHES DO JÚRI

VÍDEO: Secretária revela bastidores do julgamento do caso Érika e diz que houve distinção de tratamento

22 DE AGOSTO

VÍDEO: Prefeitura de Cajazeiras corre para conseguir recapear todas as entradas antes do dia da cidade

"RASGARAM A CONSTITUIÇÃO"

VÍDEO: Para o vice-prefeito de Sousa, Lula é um preso político: “A injustiça dói em qualquer um”