header top bar

section content

Vem o tri? Cristiano Ronaldo volta ao Real Madrid em defesa de mais um título

Merengues querem se tornar o primeiro clube desde 1976 a conquistar a Champions por três temporadas seguidas.

Por Priscila Belmont

13/09/2017 às 09h51

Cristiano Ronaldo puxa a fila em treino do Real Madrid: suspenso no Espanhol, craque português está confirmado na Champions (Foto: AFP)

O bicampeonato consecutivo da Liga dos Campeões já veio, mas o Real Madrid é um clube que se dá ao direito de exigir mais. Nesta quarta-feira, os merengues iniciam a defesa de outro título sonhando com o tri no dia 26 de maio, em Kiev – algo não testemunhado desde 1976, com o Bayern de Munique. A caminhada começa no Santiago Bernabéu, diante do Apoel, do Chipre, às 15h45 (de Brasília), pelo Grupo H.

A boa notícia: Cristiano Ronaldo está de volta. Suspenso por quatro jogos no Campeonato Espanhol – ainda falta cumprir um –, o craque português será titular pela primeira vez diante de sua torcida nesta temporada. Não precisa dizer que chega com sede de gols, especialmente depois de Messi marcar duas vezes na estreia do Barcelona…

– É um alívio. Estamos contentes (em tê-lo). Vai jogar – garantiu o técnico Zinedine Zidane.

A contribuição de Ronaldo é fundamental para o Real Madrid recuperar a confiança abalada após os tropeços diante Valencia e Levante pelo Espanhol. Até porque Zizou perdeu o seu centroavante titular, Benzema, lesionado por pelo menos um mês.

– Não estamos preocupados. Sabemos que não podemos estar contentes com o resultado, mas isso é o futebol – disse o francês.

Sem Benzema e Asensio (não relacionado), as possibilidades de escalação estão reduzidas. É provável que Cristiano Ronaldo jogue centralizado, juntamente com Bale, e Isco municiando o ataque atrás. A entrada do espanhol no time foi um dos principais fatores para o crescimento de produção na Champions passada.

O treinador também tem dúvidas na defesa, já que Varane ainda está com problemas musculares. A zaga deve ser formada com Nacho ao lado de Sergio Ramos.

O adversário traz boas memórias ao Real Madrid. Na temporada 2011/12, o Apoel surpreendeu a Europa ao chegar às quartas de final, mas não conseguiu fazer frente aos espanhóis – perdeu por 3 a 0 em casa e 5 a 2 fora (veja os lances do jogo no Bernabéu abaixo).
Apesar de admitir que o favoritismo passa longe, o time cipriota não quer descartar uma surpresa.

– Além de Cristiano, que é um dos melhores do mundo, o Real Madrid tem um time formidável. Ainda assim, são 11 contra 11 – comentou o atacante brasileiro Igor de Camargo.

O Apoel chegou à fase de grupos depois de superar três fases preliminares da Champions – Dudelange (Luxemburgo), Vitorul (Romênia) e Slavia Praga (República Tcheca).

O time estreou com vitória por 4 a 1 contra o Nea Salamina no campeonato local, implementando um esquema ousado e muito ofensivo. Mas o técnico grego Giorgios Donis já admitiu que “em Madri não seremos capazes de ter muito a bola, então vamos pensar como jogar melhor defensivamente”.

Globo Esporte

XEQUE MATE

VÍDEO: Carlos Antonio declara pela 1ª vez publicamente apoio a Júnior Araújo; “é cancela fechada”

NO CALDEIRÃO POLÍTICO NA TV

Advogado fala da profissão, discute política e diz que Luciano Cartaxo é favorito nas eleições de 2018

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam