header top bar

section content

Técnico da Raposa critica apatia do time e diz que jogadores só acordaram com o gol do Atlético

Celso Teixeira comemora ponto ganho no Sertão e revela bronca no intervalo.

Por Globo Esporte PB

09/02/2018 às 09h49 • atualizado em 09/02/2018 às 09h54

Celso Teixeira comemora ponto ganho no Sertão e revela bronca no intervalo

O técnico Celso Teixeira tinha dois sentimentos ao final da partida contra o Atlético de Cajazeiras, na última quinta-feira, no Perpetão: o de alívio, após o empate do Campinense; e o de frustração pelo desempenho da equipe, especialmente na primeira etapa. No entanto, o comandante raposeiro deixou claro que o empate conquistado nesta noite foi o mais importante de tudo.

Em entrevista após o jogo, Celso tratou de valorizar o ponto conquistado, que mantém a Raposa na liderança do Grupo A, agora com três pontos de vantagem sobre o Nacional de Patos – e um saldo bem melhor: 10 a 4. Por isso, tratou de comemorar o resultado.

– Conseguimos um resultado importante que foi um ponto. Temos sempre que somar. Fomos muito sonolentos no primeiro tempo. Dei uma bronca neles no intervalo. Só acordamos depois do gol que tomamos. Mas temos que comemorar esse ponto que conquistamos (Celso Teixeira)

Após um primeiro tempo muito fraco das duas equipes, o jogo melhorou na segunda etapa. E o Atlético saiu na frente com um gol de Jó Boy, aos 28 minutos. O Campinense então melhorou e foi buscar a igualdade, conseguida graças ao zagueiro William Goiano, aos 39 minutos.

Os jogadores fizeram coro ao treinador e exaltaram o pontinho conquistado no Sertão. Sempre uma excelente opção de ataque, o lateral Alex Murici reconheceu que a equipe não fez um grande jogo, mas destacou a luta para conseguir o empate.

– A nossa equipe está de parabéns pela guerra que foi. Mas deixamos a desejar. No final, conseguimos pontuar. Enfrentamos uma grande equipe, lutamos até o final. Estamos trabalhando para continuar na ponta – avisou.

Alex Murici participou do gol de empate, ao bater a falta em jogada ensaiada para Thiago Potiguar (Foto: Divulgação / Campinense)

Já o volante Fábio Silva não concorda que o time jogou mal. Para ele, a partida ficou mais difícil pela necessidade do adversário em sair com a vitória, já que o Atlético começou a rodada no Z-2.

– Eles estavam desesperados, correndo muito. A gente tomou um gol, e em nenhum momento a gente deixou de jogar. No fim, conseguimos o empate – sintetizou.

O Campinense volta a jogar pelo Campeonato Paraibano somente no dia 18, depois do carnaval. O time faz a terceira partida seguida fora de casa, agora enfrentando o CSP, em João Pessoa.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/times/campinense/noticia/celso-teixeira-comemora-ponto-ganho-no-sertao-e-revela-bronca-no-intervalo.ghtml

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula