header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Francisco Cartaxo

Escritor, filiado União Brasileira de Escritores/PE, ex-secretário de Planejamento da Paraíba, ex-secretário-adjunto da Fazenda de Pernambuco, ex-secretário-adjunto de Planejamento do Recife, Articulista semanal do jornal Gazeta do Alto Piranhas, de Cajazeiras, Consultor associado à CEPLAN, Consultoria Econômica e Planejamento.

Email: cartaxorolim@gmail.com

| 12/11/2018 09:03

De pombos, bem-te-vi, sabiá e coruja

É tempo de poesia. Será? Sempre é tempo de poesia, responde o poeta, ela está em qualquer lugar, em todas as coisas. Dia desses falei do medo dos pombos do meu bairro, apavorados com barulhentas carreatas eleitorais. Fugiam desgarrados, quebrando sua tranquila rotina de forma brusca. Brusca e violenta para a relativa calmaria de Casa […]


| 04/11/2018 13:24

Diálogo do amanhecer

Ontem acordei com um som estranho perto de mim. Não era voz humana nem canto de pássaro. Muito menos buzina de carro ou moto ou de sirene de ambulância ou caminhão de bombeiro. Entre dormindo e acordado, estive para recobrar a consciência. Num minuto, porém, enxerguei uma luz piscando do meu lado. E ouvi o […]


| 26/10/2018 21:07

Mataram meu amigo Jorge

Pela memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, o pavor de Dilma Rousseff. A frase é do deputado Jair Bolsonaro, pronunciada na Câmara Federal, no dia 17 de abril de 2016, ao votar a favor do impeachment da presidente Dilma. O coronel Brilhante Ustra (1932-2015) foi comandante do DOI-CODI de São Paulo, de 1970 a […]


| 22/10/2018 07:24

Caçador de marajás

Era uma vez um caçador de marajás. Governador de inexpressivo estado nordestino, Fernando Collor vendeu a ideia de que o grande mal do Brasil era pagar altos salários a uma casta de servidores públicos. Iniciou sua luta em Alagoas e lhe deu dimensão nacional. A guerra aos marajás virou mote da campanha presidencial de 1989, […]


| 14/10/2018 09:44

Como votei no primeiro turno

Não tenho motivos para esconder minhas preferências eleitorais, por isso, compartilho meu voto. Este gesto, penso, aumenta a confiança entre o leitor e este cronista. Começo dizendo que selecionei os seis candidatos sem ligar para coerência partidária, tanto que votei em filiados a cinco partidos! Uma doidice? Não. A loucura não é minha. Maluco é […]


| 05/10/2018 09:06

Impossível votar em Bosco Amaro

O boa praça Bosco Amaro é tratado como Boscamaro. Dois nomes em carinhosa simplificação, Boscamaro tem a sonoridade de Bolsonaro, candidato a presidente da República.  Radialista muito popular no sertão paraibano, João Bosco Amaro tem longa atuação em emissoras de rádio de Cajazeiras, no comando de programas variados que atingiram – e ainda atingem – […]


| 23/09/2018 09:23

O medo dos pombos do meu bairro

Faz tempo que desejo falar dos pombos do meu bairro. Sonho compartilhar pequenas emoções ao vê-los nas árvores, nos fios ou na grama da Praça da Casa Forte. Queria falar dos arrulhos dos machos na corte às fêmeas. Ou seriam as fêmeas sedutoras dos machos? Sei não. Não sou ornitólogo. Arquivei, porém, esse meu desejo […]


| 17/09/2018 08:11

Bairrismo nordestino e a eleição

Rádio Dragão do Mar, a emissora do Ceará que o mundo escuta. Era assim que se identificava a nova estação de rádio de Fortaleza, um contraponto ufanista ao Rádio Jornal do Comércio: Pernambuco falando para o mundo, a voz mais potente do Brasil. Tudo impregnado de orgulho e bairrismo. Uma coisa é falar para o […]


| 10/09/2018 08:39

Da mãe do PAC a Andrade

Ano de 2010. No auge do prestígio e da popularidade, Lula fez de sua ministra Dilma Rousseff presidente da República. Para isso, levou dois anos preparando a candidata. Fez dela a mãe do PAC. O leitor está lembrado? O Programa de Aceleração do Crescimento é um conjunto de ações destinadas a garantir, no tempo certo, […]


| 02/09/2018 15:58

Cajazeiras em festa

Cajazeiras está em festa. Lá estive de domingo a domingo. Participei das comemorações alusivas à emancipação política do município e ao aniversário do padre Inácio de Sousa Rolim. E também de novas homenagens Ivan Bichara Sobreira. A cidade atraiu muita gente para confraternizações dançantes, a feijoada da amizade, inaugurações, papo, cerveja e cachaça. Havia presenças […]