header top bar

section content

Arcebispo da Paraíba declara que Igreja Católica não recomenda a padres participarem da política

“Os que participam dessa política e têm filiação não estão seguindo a recomendação da Igreja”. Declarou ele.

Por Luzia de Sousa

28/11/2019 às 16h55

O Arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Derson, em entrevista à imprensa paraibana esta semana destacou que o ser humano é político, sendo a Política o exercício da caridade. “Todos devem fazer a Política como promoção do bem comum”.

VEJA MAIS: MPF abre inquérito para investigar existência de fissuras em barreira de açude, na região de Patos

Segundo Dom Derson, o que a Igreja Católica recomenda é que não façam parte da política partidária. “Os que participam dessa política e têm filiação não estão seguindo a recomendação da Igreja”.

O religioso destacou que a Igreja faz a opção pelo Evangelho, e o Evangelho tem implicações sociais que não podem ficar fora. “Não podemos fugir disso. Todos os partidos deveriam defender todos, pobres e ricos”.

Arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Derson

Ele explicou que a Igreja representa os pensamentos divinos com a preferência pelos que mais precisam, os esquecidos, os mais sofridos, os doentes e os pobres.

“Ter essa visão não significa que é de Esquerda, que é de Direita, que é de partido A, de partido B. Agora vestir a camisa de um partido, de uma ideologia, isso é outra coisa, já é a política partidária, aí não convêm para os Ministros da Igreja”, declarou

PORTAL DIÁRIO com vídeo do Polêmica PB

Tags:

Recomendado para você pelo google

NOVAS OBRAS

VÍDEO: Governador diz que pretende iniciar em 2021 a construção de importante estrada no Vale do Piancó

ONDA DE ASSALTOS

VÍDEO: Mototaxista de Cajazeiras diz que teme pela vida e pede mais segurança à Polícia Militar

NOVAS TAXAS

VÍDEO: Empresário fala sobre redução nos juros do cheque especial alertando cuidados na sua utilização

SUCESSO

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe amigos empresários e destaca a trajetória da empresa Padrão Social