header top bar

section content

Rodada #10: Clássico dos Maiorais embala o último ato da 1ª fase do Paraibano

Todos os cinco jogos acontecem às 16h deste domingo e vão definir os classificados diretamente para a semifinal.

Por GE

04/03/2018 às 11h40 • atualizado em 04/03/2018 às 11h46

Vai ser o primeiro Clássico dos Maiorais para Flávio Raújo e Ruy Scarpino (Foto: Arte: GloboEsporte.com/pb / Foto 1: Ramon Smith/Treze / Foto 2: Samy Oliveira/Campinense)

Chegou o momento da decisão. O Campeonato Paraibano de 2018 vai conhecer neste domingo os seus dois primeiros semifinalistas, os quatro clubes que vão disputar a repescagem e as outras duas equipes que vão se juntar ao Auto Esporte e à Desportiva Guarabira no quadrangular do rebaixamento. Na décima e última rodada da primeira fase, todos os cinco jogos vão acontecer simultaneamente às 16h e o destaque vai para o Clássico dos Maiorais, entre o Campinense, líder do Grupo A, e o Treze, que lidera a Chave B.

Campinense x Treze
Local: Estádio Amigão, em Campina Grande
Horário: 16h
Arbitragem: Pablo Alves, Márcio Freire e Tomaz Diniz.

Se o jogo do turno já envolveu muita coisa, o do returno vai ser ainda mais importante para Campinense e Treze. Os Maiorais vão duelar no Amigão buscando terminar a primeira fase nos topos dos seus grupos, porém, nos casos de ambos, os adversários de João Pessoa estão no encalço e tentam roubar os postos. A Raposa é líder do Grupo A, com 20 pontos, mas a vantagem é pequena: apenas um ponto para o Botafogo-PB, que joga em casa contra o Atlético-PB.

O duelo contra o maior rival vai marcar a estreia do técnico Ruy Scarpino, que chegou ao Estádio Renatão após a semana conturbada, que rendeu a queda de Celso Teixeira e também do gerente de futebol Marquinhos Marabá. Dentro de campo, a partida deve marcar a estreia como titular do lateral-esquerdo Romarinho, que foi contratado há algumas semanas, mas foi preterido pelo zagueiro improvisado na esquerda Rafael Araújo. Os atacantes Robinho e Matheus Ortigoza também estão à disposição.

No lado trezeano, o duelo vai marcar o primeiro jogo do técnico Flávio Araújo em Campina Grande. Em sua estreia comandando o Alvinegro, poucas mudanças foram vistas e o Galo saiu derrotado pelo Sousa. Contra o maior rival, o Treze não vai contar com o seu camisa 10. Marcelinho Paraíba se recupera de uma isquemia, um princípio de Acidente Vascular Cerebral (AVC). que sofreu na última quinta-feira. Contudo, a equipe pode promover as estreias dos laterais-direitos Alex Travassos e Talisson e do atacante Leilson.

Atlético empata com Auto Esporte (Foto: PB Esporte)

Botafogo-PB x Atlético-PB
Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa
Horário: 16h
Arbitragem: Antônio Umbelino, Kildenn Tadeu e Dguerro Xavier

De olho na ponta da tabela no Grupo A, o Botafogo-PB, que é o único time invicto no Campeonato Paraibano, vai para cima do Atlético de Cajazeiras e ainda vai secar o Campinense no clássico contra o Treze. O Belo vem em ótima forma no estadual e, aos poucos, o time do técnico Leston Júnior vai chegando próximo do ideal ao menos neste primeiro semestre. Para o confronto, a única dúvida é o atacante Dico, que está em fase de recuperação e pode ser poupado. Por outro lado, a certeza é de que o volante Rafael Jataí está fora, suspenso, e Allan Dias, também volante, e o atacante Marlon estão de volta.

No lado atleticano, a situação é muito complicada. O time está na quarta colocação, a três pontos do Serrano, e vai precisar vencer o Botafogo-PB para ainda sonhar com a vaga na repescagem. Caso não consiga vencer o Belo, o Trovão Azul vai amargar a disputa do quadrangular do rebaixamento.

Serrano-PB x Nacional de Patos
Local: Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande
Horário: 16h
Arbitragem: Roberto Lima, Cleonaldo dos Santos e Herioberto Henrique

No Estádio Presidente Vargas, o Serrano-PB joga pelo menos por um empate para selar a classificação para a repescagem. O Lobo da Serra vem de uma vitória importantíssima sobre o Auto Esporte, em jogo adiado da oitava rodada, o que lhe garantiu três pontos de vantagem sobre o Atlético-PB, o quarto colocado. Para o confronto com o Naça, as apostas da equipe de Campina Grande são no atacante Rafael Ibiapino, que tem três gols no estadual.

Enquanto isso, no Grupo A, o Nacional de Patos caiu para a quarta colocação e vai ter que vencer e torcer contra o Sousa para se classificar para a repescagem. O cenário para o Canário do Sertão complicou na rodada passada, quando foi derrotado em casa para o CSP por 2 a 0. Com 59,3% de aproveitamento, a vaga no quadrangular do rebaixamento pode ser um castigo para o time sertanejo, que pena na chave concorrida que encarou. Para se ter uma ideia, o Serrano-PB, adversário deste domingo, possui apenas 40,7% de aproveitamento.

Pichações no muro do Auto Esporte (Foto: Lucas Barros / GloboEsporte.com)

Auto Esporte x CSP
Local: Estádio Carneirão, em Cruz do Espírito Santo
Horário: 16h
Arbitragem: Clizaldo Luiz, Crisvalesco Marco e Joseilton Cordeiro

Um duelo de pessoenses em Cruz do Espírito Santo. O Auto Esporte, já garantido no quadrangular da morte, recebe o CSP, que sonha em terminar a fase na liderança do Grupo B. O Macaco Autino é a única equipe que ainda não venceu no estadual e teve uma semana conturbada. A sede do clube foi alvo de pichações contra a diretoria. Problemas à parte, dentro de campo, o técnico Severino Maia busca encaixar o time para tentar salvar a temporada no quadrangular da morte. O objetivo do Auto, no momento, é não ser rebaixado.

O CSP, junto com Campinense e Treze, é uma das três equipes que chegam à última rodada da primeira fase com a classificação garantida matematicamente. Porém, o time do técnico Léo Oliveira possui ambições e a deste domingo é vencer o Auto Esporte, torcer pelo Campinense contra o Treze e terminar na liderança da Chave B. Vale ressaltar que o Tigre vem em boa fase no returno e quer manter a boa sequência neste domingo.

Desportiva Guarabira x Sousa
Local: Estádio Sílvio Porto, em Guarabira
Horário: 16h
Arbitragem: Josemarques Domingues, Luís Felipe e Paulo Ricardo

Junto com o Auto Esporte, a Desportiva Guarabira não possui mais tantas pretensões na primeira fase do estadual. A vaga no quadrangular do rebaixamento já está confirmada e, no máximo, o Azulão do Brejo consegue tomar a quarta posição do Atlético-PB, apesar de ser muito difícil. Até porque, para sonhar com isso, o time do técnico Luciano Silva vai ter que bater o Sousa, que briga pela classificação para o mata-mata. Com a pior defesa de todo o Campeonato Paraibano, a Desportiva vai ter que melhorar muito se quiser permanecer na elite do futebol do estado no ano que vem.

Já o Sousa chega para o jogo como favorito, apesar de jogar fora de casa. O time de Jazon Vieira voltou a flertar com a classificação e só depende de si para chegar ao mata-mata. O adversário não é dos mais difíceis, afinal, jogando dentro do Sílvio Porto, a Desportiva Guarabira não conseguiu vencer, acumulando três derrotas e um empate. No Dinossauro, o destaque vai para o atacante Gianotti, que é o artilheiro da equipe na temporada com três gols marcados.

GE

Fonte: https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/campeonato-paraibano/noticia/rodada-10-classico-dos-maiorais-embala-o-ultimo-ato-da-1-fase-do-paraibano.ghtml

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras