header top bar

section content

VÍDEO: Candidato a prefeito de JP afirma que já levou cuspida na cara, mas nunca pediu voto na igreja

Por causa do seu envolvimento com a política, ele diz que também foi alvo de críticas de padres durante homilias. No entanto, garante que nunca 'fez palanque' em igrejas

Por Jocivan Pinheiro

09/09/2020 às 15h50 • atualizado em 09/09/2020 às 18h33

Candidato a prefeito de João Pessoa nas eleições deste ano, o suplente de deputado estadual Raoni Mendes (DEM) garantiu, durante entrevista ao programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão, que nunca usou seu envolvimento com a evangelização na Igreja Católica para pedir votos.

Graduado em Turismo, Raoni já foi deputado estadual e também o vereador mais votado na história de João Pessoa. Nesse percurso, está sempre envolvido com ações da Igreja Católica. Atualmente, faz parte da ‘Comunidade Católica em Adoração’.

Por causa do seu envolvimento com a política, Raoni Mendes afirma que já levou cuspida na cara e foi alvo de padres durante homilias. No entanto, garante que nunca ‘fez palanque’ em igrejas.

VEJA TAMBÉM

Padre de Cajazeiras nega ter sido proibido de celebrar missas e diz que voltará após pandemia

“Eu não uso do púlpito, da minha relação, eu não uso da evangelização que eu faço nesses últimos 25 anos para pedir voto. A fé que eu exerço é para que eu me conduza da melhor forma possível. Óbvio que eu tenho minhas falhas, mas eu preciso ter um norte para onde eu quero ir, e esse norte é o bem comum”, justifica Raoni Mendes.

“A única coisa que eu poderia fazer era mostrar trabalho, então eu mostrei, Mostrei que os projetos são condizentes com minha história, com os princípios e valores e a defesa da vida, da família. E quando você olha para esse cenário, eu só posso dizer que eu me sinto tranquilo, em casa, acolhido, enviado”, completa.

PORTAL DIÁRIO

OPINIÃO

VÍDEO: Jornalista diz que os três candidatos a vice-prefeito em Cajazeiras são ‘retrocesso na história’

REBATENDO O PREFEITO

VÍDEO: Empresário rompe o silêncio e nega ter citado ex-prefeita Denise em delação da Operação Andaime

AGLOMERAÇÃO

VEJA: Em visita de Bolsonaro ao Sertão da PB, mulher pede para ele baixar kg do arroz e vídeo viraliza

FUNDADOR DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Morte de Padre Rolim completa 121 anos, e fato ganha minucioso estudo histórico de sacerdote

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!