header top bar

section content

Cabo da PM condenado a 13 anos de prisão é expulso de corporação, na Paraíba

Expulsão do PM foi publicada no Diário Oficial do Estado. Policial matou um homem suspeito de tentativa de homicídio.

Por Portal Diário com G1PB

17/01/2019 às 10h53

Expulsão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) (Foto: Reprodução/Diário Oficial do Estado)

Um cabo da Polícia Militar, condenado pela Justiça a 13 anos de prisão foi expulso da corporação por ter atirado e matado um homem suspeito de tentativa de homicídio, sem possibilidade de defesa. O caso aconteceu em 2009, no Sítio Serrote Preto, no município de Fagundes, na Paraíba.

A expulsão do PM foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (17). O policial também respondeu, na 4ª Vara Criminal de Campina Grande, a um caso de roubo, sendo condenado duas vezes a um ano e nove meses de prisão.

O policial atuava no 2º Batalhão da Polícia Militar e, de acordo com o Conselho de Disciplina que avaliou as suas atitudes, as ações praticadas por ele afrontaram a honra pessoal e a ética policial militar. Além disso, o Conselho constatou mau comportamento durante as avaliações de conduta.

A publicação ainda determina que o comandante do 2º BPM apreenda a identidade militar do policial, o armamento e outros objetos que estão com o policial por conta da sua função.

Fonte: Portal Diário com G1PB - https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2019/01/17/cabo-da-pm-condenado-a-13-anos-de-prisao-e-expulso-de-corporacao-na-paraiba.ghtml

Recomendado para você pelo google

EVANGÉLICO DE OPOSIÇÃO

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que Bolsonaro está destruindo o país e não levou facada: “Foi uma farsa”

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC