header top bar

section content

Paraibana celebra aniversário com tema Lula Livre e garante que próximo será ‘EleNão’ contra Bolsonaro

Funcionária pública há doze anos na Prefeitura Municipal de Boa Vista, Eva, como é conhecida é viúva e mãe de um filho de 19 anos, é formada em pedagogia e diz que toda a família compactua da mesma preferência política que ela.

Por José Dias Neto

28/04/2019 às 11h15 • atualizado em 28/04/2019 às 11h18

Paraibana fez do seu aniversário um ato político em defesa de Lula.

Nesta quinta-feira(25) a funcionária pública Evânia Sousa da cidade de Boa Vista no agreste paraibano comemorou seu aniversário de 42 anos de uma forma inusitada, ao invés de um tema corriqueiro, ela preferiu fazer de seu aniversário um ato político, e a temática da festa pedia a soltura do ex-presidente Lula, preso há mais de um ano na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba-PB.

A paraibana se diz ‘apaixonada’ pelo político e disse que a celebração do seu aniversário ao lado de amigos e familiares foi um momento em que ela escolheu para pedir a liberdade do ex-presidente.

A paraibana se diz ‘apaixonada’ pelo político e disse que a celebração do seu aniversário ao lado de amigos e familiares foi um momento em que ela escolheu para pedir a liberdade do ex-presidente.

“Essa paixão por Lula vem do trabalho e do desenvolvimento, que eu acredito que foi o maior governo que esse país já teve, pois ele colocou em condição de igualdade pobre e rico, dando oportunidades que não eram vistas em outros governos”, disse.

Bolo, decoração, lembranças, tudo da festa foi personalizado e customizado com referência a Lula e ao PT.

Funcionária pública há doze anos na Prefeitura Municipal de Boa Vista, Eva, como é conhecida é viúva e mãe de um filho de 19 anos, é formada em pedagogia e diz que toda a família compactua da mesma preferência política que ela. A iniciativa de celebrar o aniversário com uma temática política partiu da própria Evânia, que conta que teve o apoio dos amigos, mas que preferiu não convidar pessoas que pudessem se ofender com o tema.

Evânia Sousa se diz apaixonada por Lula

“Eu iria fazer meu aniversário com o tema #EleNão[menção ao movimento nas redes sociais contra a campanha do atual presidente, Jair Bolsonaro, em 2018], mas decidi dar a vez, nesses quatro ponto dois a Lula. Eu recebi apoio dos convidados, e todo mundo é Lula Livre, não convidei ninguém com ideias e pensamentos diferentes para não estar num ambiente que não se sente bem”, explica.

Evânia, que distribuiu camisetas de Lula como lembrancinha para os convidados, sabia que a comemoração com tema geraria repercussão nas redes sociais, mas diz que não se incomoda.

“Quando você se expõe, você tem que ter discernimento para poder digerir e absorver elogios e críticas, porque vai gerar os dois. E eu costumo absorver o que é construtivo para mim, o que não acrescenta a minha em nada, eu ignoro e a vida continua”, revela a funcionária pública.

LULA NA CADEIA

Eva acredita que a prisão de Lula seja política e compara o tratamento dado ao também ex-presidente Michel Temer (MDB) que foi preso e solto. “Existem exageros nessa prisão de Lula, nessa perseguição, nessa condenação, agora pouco Michel Temer foi preso, com várias provas e informações, ele passou só uma semana preso. O que acontece com ele, é que eles sabem o poder que Lula tem, se soltarem ele, ele faz campanha e ganha as eleições”, disse.

Ela diz que carrega um lema desde que o ex-presidente foi preso e fala com orgulho. “Eu me comprometo a não descansar até que Lula seja livre”.

Para os 43 anos, Eva promete a festa contra o atual presidente. “Para o quatro ponto três vem aí o #EleNão“, promete.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do Blog do Márcio Rangel

Recomendado para você pelo google

NA VILA NOVA

VÍDEO: Advogado acusa PM de abuso de autoridade durante blitz em Cajazeiras: “Atitude transloucada”

EVENTOS ATÉ DIA 06/12

VÍDEO: Prefeito de Monte Horebe anuncia pagamento de servidores e programação do aniversário da cidade

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão