header top bar

section content

Projeto de Júnior Araújo vira destaque e inspira parlamento e Governo do Distrito Federal

Lei proposta por deputado do DF retirar embutidos dos cardápios das escolas públicas, medida que já está em vigor na Paraíba desde o segundo semestre do ano passado.

Por Portal Diário com Assessoria

10/01/2020 às 10h07 • atualizado em 10/01/2020 às 10h08

Deputado Júnior Araújo (AVANTE)

Estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal terão merenda mais saudável a partir do início do ano letivo 2020. A nova lei, proposta pelo deputado Reginaldo Sardinha (Avante) e sancionada pelo governador Ibaneis Rocha, foi inspirada em projeto análogo apresentado na Paraíba pelo colega de partido de Sardinha, o paraibano Júnior Araújo.

O projeto de lei de iniciativa de Júnior Araújo (PL 32/2019), aprovado pelo governador João Azevedo, está valendo nas escolas da rede estadual de ensino desde o início do segundo semestre letivo. Retirando do cardápio da merenda embutidos como salsichas, salames e mortadelas – substituídos por alimentos mais saudáveis.

“Sabemos que a merenda é parte importante da nutrição de milhares de crianças de nosso Estado e é importante que elas tenham acesso a uma alimentação que propicie desenvolvimento com saúde”, argumentou Júnior Araújo.

Mídia do DF fez referência a inspiração paraibana para alterar o cardápio da merenda local.

Recomendado para você pelo google

CRIANÇA MORREU DE MENINGITE

VÍDEO: Médica explica por que Ana Caroline não foi transferida, e afirma que não há motivo para pânico

CASO GRAVE

Criança de 8 anos morre vítima de meningite no Hospital Universitário Júlio Bandeira, em Cajazeiras

CONCESSIONÁRIA

VÍDEO: Brazauto de Cajazeiras anuncia promoção de Carnaval para os carros mais populares da Toyota

DOIS DIAS DE FESTA

VÍDEO: Bonito Folia agita foliões de toda a região na abertura do Carnaval em Bonito de Santa Fé