header top bar

section content

Projeto de Júnior Araújo vira destaque e inspira parlamento e Governo do Distrito Federal

Lei proposta por deputado do DF retirar embutidos dos cardápios das escolas públicas, medida que já está em vigor na Paraíba desde o segundo semestre do ano passado.

Por Portal Diário com Assessoria

10/01/2020 às 10h07 • atualizado em 10/01/2020 às 10h08

Deputado Júnior Araújo (AVANTE)

Estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal terão merenda mais saudável a partir do início do ano letivo 2020. A nova lei, proposta pelo deputado Reginaldo Sardinha (Avante) e sancionada pelo governador Ibaneis Rocha, foi inspirada em projeto análogo apresentado na Paraíba pelo colega de partido de Sardinha, o paraibano Júnior Araújo.

O projeto de lei de iniciativa de Júnior Araújo (PL 32/2019), aprovado pelo governador João Azevedo, está valendo nas escolas da rede estadual de ensino desde o início do segundo semestre letivo. Retirando do cardápio da merenda embutidos como salsichas, salames e mortadelas – substituídos por alimentos mais saudáveis.

“Sabemos que a merenda é parte importante da nutrição de milhares de crianças de nosso Estado e é importante que elas tenham acesso a uma alimentação que propicie desenvolvimento com saúde”, argumentou Júnior Araújo.

Mídia do DF fez referência a inspiração paraibana para alterar o cardápio da merenda local.

BOA NOTÍCIA

VÍDEO: Trecho que vai levar água da transposição para Cajazeiras será concluído em julho de 2021

SAÚDE

VÍDEO: Secretário de saúde diz que a PB está pronta para receber vacinas, mas presidente adia campanha

COLAPSO

VÍDEO: Empresário cajazeirense que mora em Roraima revela que oxigênio deve acabar em 14 dias

SAÚDE

VÍDEO: Após crise no Amazonas, diretor do Hospital Regional diz se o oxigênio pode acabar em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!