header top bar

section content

Justiça Eleitoral continua emissão de títulos eleitorais de zona eleitoral extinta, em Campina Grande

O não comparecimento do eleitor implica no cancelamento do título eleitoral.

Por Érika Soares

11/02/2020 às 10h17 • atualizado em 11/02/2020 às 11h56

A Justiça Eleitoral da 16ª Zona do município de Campina Grande, segue a emissão de novos títulos eleitorais devido o rezoneamento que extinguiu a 71ª Zona Eleitoral.

Para a emissão do documento, é necessário que os eleitores da Zona Eleitoral extinta compareça, o mais breve possível, à CENATEL, Central de Atendimento ao Eleitor, que fica localizada na Rua Rio Grande do Sul, S/N, no bairro Liberdade, portando documento oficial com foto, comprovante de residência dos últimos três meses e título de eleitor, caso possua.

Com fim do cronograma específico do processo, o prazo foi estendido para os eleitores que não conseguiram emitir o documento.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: chuvas acompanhadas de fortes ventos derrubam árvores e assustam moradores, em Patos

O não comparecimento do eleitor implica no cancelamento do título eleitoral. Sem o documento oficial, o eleitor ficará impossibilitado de votar nas próximas eleições de 2020, ficando impedido de emitir passaporte, CPF, tomar posse em concurso público, solicitar empréstimos financeiros e não receberá benefícios sociais como o Bolsa Família.

Extinta em 2017, a 71ª Zona Eleitoral abrangia os municípios de Campina Grande e Lagoa Seca. Com o rezoneamento, os eleitores de Campina Grande foram rezoneados para a 16ª Zona e os de Lagoa Seca para a 13ª Zona Eleitoral.

DIÁRIO DO SERTÃO

AUMENTO DA DOENÇA

CORONAVÍRUS: Em 26 dias, casos confirmados crescem 140% em Sousa comparados com Cajazeiras

VEJA A LISTA DE BAIRROS

VÍDEO: Cajazeiras soma 63 casos de Covid-19; Centro e bairro São Francisco lideram em número de casos

ISOLAMENTO SOCIAL

VÍDEO: Secretaria de Educação de Santa Terezinha-PB inova com aulas no YouTube e em programa de rádio

"TIVE VERGONHA ALHEIA"

VÍDEO: “País está entregue a um bando de aloprados”, diz jornalista sobre vídeo de reunião ministerial

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!