header top bar

section content

Deputado da Paraíba diz que adiamento do ENEM evita ampliação de injustiças sociais com alunos do Brasil

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em razão do estado de calamidade pública, provocado pela pandemia do coronavírus, foram suspensas, após o Senado aprovar nesta terça-feira (19), no Plenário virtual, por 75 votos a 1

Por José Dias Neto

21/05/2020 às 09h23

Aplicativo de Celular ENEM (Foto: Marcello Casal Jr)

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em razão do estado de calamidade pública, provocado pela pandemia do coronavírus, foram suspensas, após o Senado aprovar nesta terça-feira (19), no Plenário virtual, por 75 votos a 1.

O deputado estadual Anísio Maia (PT) comemorou o adiamento do ENEM e disse que essa medida é justa para a educação do Brasil.

“O ENEM não pode ser instrumento de ampliação das injustiças sociais. O Senado aprovou o adiamento do exame, evitando prejuízo para alunos que estão sem condições de estudar por causa da pandemia. Através do Requerimento 8.860/2020, já havíamos feito esse alerta na ALPB”, disse.

VEJA MAIS:

Deputado estadual se solidariza com família de militante LGBT que foi encontrado morto em João Pessoa

A matéria segue agora para análise da Câmara dos Deputados.

A proposta (PL 1.277/2020) prevê que, em casos de reconhecimento de estado de calamidade pelo Congresso Nacional ou de comprometimento do regular funcionamento das instituições de ensino do país, seja prorrogada automaticamente a aplicação das provas, exames e demais atividades de seleção para acesso ao ensino superior.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Enem, marcou a aplicação do exame impresso para os dias 1º e 8 de novembro, e a versão digital para 22 e 29 de novembro. As inscrições estão abertas até o próximo dia 22. Já há quatro milhões de inscritos, de acordo com o Inep, e estão esgotadas as vagas para a prova digital.

PORTAL DIÁRIO

DIREITO

VÍDEO: Advogado explica se pais e mães podem ser proibidos de visitar os filhos durante a pandemia

AVANÇO DO VÍRUS

VÍDEO: Cajazeiras chega a 59 casos de Covid-19, e secretária de Saúde faz alerta para a Zona Sul

PRECATÓRIOS

VÍDEO: Vereadora culpa atual prefeito por acúmulo de dívidas trabalhistas na Prefeitura de Ipaumirim-CE

PREFEITURA RESPONDEU

VÍDEO: Vereadores denunciam que motorista de Cajazeiras teria salário duas vezes maior que dos colegas

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!