header top bar

section content

Forças de Segurança Pública começam a ser vacinados contra a Covid-19, na Paraíba

O governador João Azevêdo acompanhou o início da imunização das Forças de Segurança, nesta quinta-feira (08). A vacinação está ocorrendo em João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa.

Por Juliana Santos

08/04/2021 às 15h44

O governador acompanhou o início da vacinação em João Pessoa. (Foto: José Marques/ SecomPB)

Começou nesta quinta-feira (8), a vacinação das Forças de Segurança Pública da Paraíba. O governador João Azevêdo, foi defensor da inclusão dos profissionais na “prioridade das prioridades” do Plano Nacional de Imunização (PNI).

O gestor esteve no Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar, em João Pessoa, onde ocorreu a vacinação na Capital e anunciou que mais de 796 doses chegarão ainda hoje ao estado para seguir com a imunização dos profissionais.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou a importância de garantir a imunização dos profissionais que exercem um trabalho fundamental no enfrentamento da pandemia. “Esse momento de enfrentamento da pandemia exige do governo a tomada de decisão sobre aplicação das medidas protetivas e quem atua no cumprimento dessas ações são as forças de Segurança que também trabalham no resgate, salvamento e transporte de pessoas com Covid-19. Nós fizemos essa reivindicação junto ao Ministério da Saúde que compreendeu a necessidade”, frisou.

VEJA TAMBÉM

João Azevêdo faz apelo a prefeitos paraibanos e pede agilidade na vacinação contra a Covid-19

João Azevêdo também agradeceu a atuação das Forças de Segurança no combate à Covid-19. “Esse também é um momento de reconhecimento por todo trabalho que vem sendo feito desde o primeiro dia que estamos nesse enfrentamento e asseguramos a todos os policiais militares que a vacina vai chegar e vamos vencer essa guerra com o apoio desses valorosos profissionais”, acrescentou.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Jean Nunes, enalteceu a atuação do governador João Azevêdo para garantir a vacinação dos profissionais da Segurança que terão mais tranquilidade para exercer suas funções. “O governador se empenhou muito para que chegasse esse momento de vacinação das forças de Segurança e nós buscamos muito esse caminho para iniciar o processo de imunização dos policiais civis, militares, penais, federais, rodoviários e bombeiros para que a gente possa dar mais tranquilidade no trabalho, considerando que a Saúde e a Segurança estão na linha de frente do combate à Covid-19. Nós também procuramos descentralizar a vacinação para contemplar os nossos profissionais de todo o estado envolvidos na operação Previna-se”, detalhou. em resgates e salvamentos.

O governador acompanhou o início da vacinação em João Pessoa. (Foto: José Marques/ SecomPB)

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, destacou que a iniciativa é fundamental para o pleno funcionamento da ordem pública. “Esse é um gesto humanitário do governador João Azevêdo para os policiais militares que estão na ativa. O governo está cuidando de quem cuida das pessoas e coloca em risco as suas vidas porque esses profissionais atendem o inusitado, prendem mais de 100 pessoas por dia e conduzem mais de 14 mil pessoas por ano às delegacias”, afirmou.

A vacinação dos militares acontece em quatro polos, sempre em unidades do Corpo de Bombeiros Militar: em João Pessoa, na sede do Comando Geral; em Campina Grande, na sede do 2º Comando Regional; em Patos, na sede do 3º Comando Regional; e em Sousa na sede do 6º Batalhão. Estão sendo imunizados os profissionais com idade igual ou menor que 59 anos, atendidos em sistema de drive-thru, e que estão sendo convocados por seus respectivos órgãos.

Neste primeiro momento, serão imunizados os trabalhadores envolvidos no atendimento e transporte de pacientes, em resgates e atendimento pré-hospitalar, nas ações diretas de vacinação contra a Covid-19 e na vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público independente da categoria. Os demais trabalhadores da Segurança Pública que não se enquadrarem nestas atividades deverão ser vacinados de acordo com o andamento da campanha nacional de vacinação.

PORTAL DIÁRIO

GRANDE LUTA

VÍDEO: Professor alerta que é necessário quase 40 milhões para despoluir o Açude Grande de Cajazeiras

FALTA DE SEGURANÇA

VÍDEO: População de Bonito de Santa Fé reclama de barulho de motos durante a madrugada

CUIDADO

VÍDEO: Vereador de cidade da região de Sousa cai em golpe de estelionatário e perde mais de R$10 mil

DESESPERO

VÍDEO: Com apenas um pacote de sal na cozinha, mãe e sete crianças fazem apelo por ajuda em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!