header top bar

section content

VÍDEO: Governador fala da vacinação e do pedido de reforço na quantidade de doses ao Ministério da Saúde

João Azevêdo reforçou que a população deve aguardar o chamamento das prefeituras municipais para aplicação da primeira e segunda doses.

Por Juliana Santos

21/04/2021 às 21h59

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) retratou alguns casos ocorridos na capital João Pessoa, sobre pessoas que procuram os pontos de vacinação para tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19. fato que causou tumulto em pontos de vacinação. O gestor estadual afirmou que atrasos na entrega das doses podem ocorrer, mas é preciso seguir com o cronograma nacional de vacinação.

De acordo com João Azevêdo deixar de tomar a segunda dose três a quatro dias, após o dia marcado, não afeta a proteção do imunizante. “O simples fato de você ter tomado a vacina e já ter completado, no caso da Coronavac, os 28 dias para tomar a segunda dose, e só ter a vacina daqui três ou quatro dias, isso não muda absolutamente nada na eficácia da vacina, ao contrário aumenta a eficácia”, disse.

VEJA TAMBÉM

Covid-19: Fiocruz vai entregar 5 milhões de doses de vacina e quantidade supera a previsão inicial

Uma nova remessa de doses da vacina devem chegar ao Estado ainda está semana e ajudará na regularização das pessoas que completaram os dias de tomar a segunda dose. “Eu pessoalmente tenho uma segunda dose para tomar, porém só vou tomar, após a nova remessa chegar e a prefeitura de João Pessoa fará o chamamento para as idades prioritárias, pois devemos seguir o cronograma da vacinação”, comentou o governador.

Governador da Paraíba, João Azevêdo. (Foto: José Marques/ SecomPB)

O governador afirmou ainda que protocolou junto ao Ministério da Saúde um pedido de reforço na quantidade de doses para a Paraíba e assim conseguir aplicar a segunda dose em todos que estão aguardando. “A atenção maior são as doses da Coronavac, a da AstraZeneca tem quantidade suficiente para segundo dose que será aplicada a partir desta quarta-feira (21)”, completou.

O gestor estadual reforçou que a população deve aguardar o chamamento das prefeituras municipais para vacinação tanto da primeira dose, quanto da aplicação da segunda dose dos imunizantes para assim evitar tumulto.

PORTAL DIÁRIO

DEDICAÇÃO

VÍDEO: Vereador homenageia professora de Umari uma dos autores de material didático do estado do Ceará

SINCERA

VÍDEO: Vereadora de Ipaumirim se arrepende de ter votado em Lei sobre Organizações Sociais

VENCEU O VÍRUS

VÍDEO: Pai de Gefferson Moura recebe alta hospitalar, após 45 dias de internação devido a Covid-19

DESUMANO

VÍDEO: Advogada questiona decisão que sentenciou casal de idosos para deixar residência em Patos

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!