header top bar

section content

Mais Médicos: ministério cancela registro de 73 médicos estrangeiros

Decisão foi publicada nesta quinta (24) no Diário Oficial da União. Não há confirmação da nacionalidade dos médicos.

Por G1

24/01/2019 às 10h33

A expectativa é que os médicos já comecem a atuar nos municípios no início de abril.

O Ministério da Saúde cancelou o registro para exercício da medicina de 73 médicos participantes do programa Mais Médicos. As portarias com as decisões foram publicadas no Diário Oficial da União desta quinta (24) e assinadas pelo secretário substituto de gestão do trabalho e da educação na saúde, responsável pelo programa dentro da pasta.

Segundo o Ministério da Saúde, houve o cancelamento de registro de médicos que terminaram a missão pelo programa no ano passado — não havendo relação com a saída de Cuba do Mais Médicos após o fim da cooperação com a Opas. A lista, segundo a pasta, inclui tanto profissionais do país caribenho quanto de outros lugares.

Substituição
Nesta segunda (21), o ministério alterou em cerca de duas semanas as datas para que brasileiros e estrangeiros formados no exterior escolham municípios de atuação pelo Mais Médicos. Os profissionais com diploma de fora do país poderão optar por vagas entre 1.460 postos de trabalho disponíveis.

O edital foi aberto para ocupar as 8.517 vagas deixadas pelos cubanos no programa — 7.057 das quais já foram preenchidas. Nas duas primeiras etapas de seleção, puderam se inscrever apenas brasileiros com diploma registrado no país. As vagas remanescentes foram, então, oferecidas a médicos formados no exterior.

Criado em 2013, durante o governo Dilma Rousseff, para atrair médicos para as regiões mais afastadas do país, o programa atende cerca de 63 milhões de pessoas, segundo o Ministério da Saúde.

Fonte: G1 - https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2019/01/24/mais-medicos-ministerio-cancela-registro-de-73-medicos-estrangeiros.ghtml

ÚLTIMA AUDIÊNCIA 2021

VÍDEO: João Azevêdo anuncia mais de R$ 67 milhões em obras para regiões de João Pessoa e Mamanguape

NA CHEGADA A CAJAZEIRAS

EXCLUSIVO: Chorando, ‘Galega da Asa’ diz que perdeu a cabeça ao ser agredida e pede perdão à sua mãe e à mãe da vítima: “Eu acabei com duas famílias”

MENOS DE ZERO GRAU

VÍDEO: Biólogo lamenta temperaturas baixas em São Paulo, perdas na lavoura e população de rua abandonada

MAIS UM MUTIRÃO

VÍDEO: População reclama de demora e longas filas para receber ficha de vacinação em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!