header top bar

section content

Mulher tenta provar que está viva após ser declarada “morta” ao pedir auxílio emergencial do governo

Dona Vilma teve certidão de óbito expedida em seu nome e outra mulher foi enterrada como se fosse ela

Por Jocivan Pinheiro

14/05/2022 às 13h47 • atualizado em 14/05/2022 às 13h51

Dona Vilma foi registrada como “morta” e luta para recuperar direitos (Foto: Reprodução/WhatsApp)

A dona de casa Vilma Maria de Santana Marques da Silva, de 56 anos, que reside em Olinda-PE, deu início a uma batalha judicial para provar que ela está viva.

Dona Vilma teve uma certidão de óbito expedida em seu nome e outra mulher foi enterrada como se fosse ela. Seu CPF foi cancelado e o marido ficou “viúvo”. Nessa situação surgiram problemas financeiros, mas a dona de casa, que está desempregada, não consegue reaver seus direitos para solicitar benefícios sociais.

A Polícia Civil informou que está investigando uma possível fraude no documento. A Justiça, por sua vez, disse que foi negado o pedido para o cancelamento da certidão de óbito e que o processo está em fase de “contestação”.

Enquanto isso, a mulher conta com a ajuda de uma advogada para tentar resolver o caso. “Estou viva e sei que não fiz nada de errado”, disse dona Vilma, ao G1 PE.

Em 2020, ao tentar se cadastrar para receber auxílio emergencial do Governo Federal durante a pandemia. dona Vilma descobriu que uma certidão de óbito em seu nome havia sido expedida em 1º de abril de 2018.

Quando ela tentou pedir o auxílio, descobriu que já estava “morta” há quase dois anos. Apesar de 1º de abril ser popularmente conhecido como ‘dia da mentira’, essa história é verdade. “Me chamam de morta-viva, mas não ligo. Não fiz nada para merecer isso”, desabafou.

Certidão de óbito em nome de dona Vilma (Foto: Reprodução/WhatsApp)

PORTAL DIÁRIO

Tags:
MAIS "FÉRIAS"

VÍDEO: Vereadores de Paulista aprovam aumento de recesso para 105 dias: “Um tapa na cara da população”

MUNICÍPIO RACHADO

VÍDEO: Vice-prefeito de Piancó confirma rompimento com o prefeito e anuncia apoio a Pedro Cunha Lima

RESPOSTA

VÍDEO: Secretário de Saúde de São João que teria sido chamado de analfabeto, rebate Zé Aldemir

FIM DE UMA ERA

VÍDEO: Zé Aldemir cancela Xamegão tradicional e diz que vai realizar dois dias de ‘festa fora de época’

Recomendado pelo Google: