header top bar

section content

Homem suspeito de abusar sexualmente de criança de 9 anos em troca de doces é preso na Paraíba

Suspeito de abusar de criança de 9 anos teve prisão preventiva decretada em 2014, diz polícia

Por G1 PB

12/01/2019 às 10h48 • atualizado em 12/01/2019 às 10h49

Polícia relatou que o suspeito conhecia a família da criança e, por isso, tinha acesso à casa dela

Um homem suspeito de abusar sexualmente de uma criança de 9 anos foi preso no município de Boqueirão, no Agreste da Paraíba, nesta sexta-feira (11), de acordo com a Polícia Civil, que também informou que ele era procurado desde 2014, quando a prisão preventiva foi decretada.

Segundo a polícia, os documentos da Comarca de Queimadas apontam que o suspeito abusou, em 2013 e 2014, uma menina que à época tinha 9 anos. A polícia relatou que ele conhecia a família da criança e, por isso, tinha acesso à casa dela, onde crime ocorria.

VEJA TAMBÉMNa região de Cajazeiras, homem é detido após praticar violência doméstica contra sua companheira

Para atrair e “recompensar” a vítima depois dos abusos, ele dava doces e pipocas a ela. O caso foi levado à Justiça após a criança reclarmar de dores no órgão genital e contar para parentes o que estava acontecendo.

O delegado Cristiano Santana afirmou que, após a prisão ser decretada, o suspeito se mudava constantemente, o que dificultou as investigações.

Fonte: G1 PB - https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2019/01/11/homem-suspeito-de-abusar-sexualmente-de-crianca-de-9-anos-e-preso-na-pb.ghtml

Recomendado para você pelo google

REFORMA AGRÁRIA

VÍDEO: Coordenadora da CPT Sertão afirma que terras são um direito dos camponeses e não do agronegócio

CLIMA IDEAL

VÍDEO: Prefeito revela interesse de empresas em instalar parque de energia solar em Monte Horebe

INTERVENÇÃO

VÍDEO: Diretor da SCTrans fala sobre planos para dar segurança aos pedestres em frente à São João Bosco

"QUER ENRICAR AINDA MAIS"

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que famoso bispo está vendendo imagens de deusa egípcia na igreja