header top bar

section content

Governador João Azevêdo determina afastamento de PM que agrediu estudante durante manifestações

Imagens circulam nas redes sociais, o que comprova a agressão.

Por Raquel Alexandre

16/06/2019 às 06h46 • atualizado em 16/06/2019 às 08h52

Governador João Azevêdo

O governador João Azevêdo determinou o afastamento de um Policial Militar que agrediu o estudante Mateus Henriques, durante as manifestações da greve geral na última sexta-feira (14), na cidade de Campina Grande.

De acordo com o chefe do executivo estadual, o policial foi afastado de suas funções e a corregedoria do Estado está tomando as devidas providências. O oficial deve passar por procedimentos disciplinares.

Segundo testemunhas, durante os protestos o PM e o jovem discutem, enquanto que o estudante pediu ‘calma’, o policial o agrediu com um tapa no rosto. Imagens circulam nas redes sociais, o que comprova a agressão.

O estudante Mateus Henriques, da UFCG, também é diretor da UNE (União Nacional dos Estudantes) pelo movimento Correnteza.

PORTAL DIÁRIO

Recomendado para você pelo google

FOI BALEADO DURANTE PROTESTO

ASSISTA: Cid Gomes grava vídeo dentro de UTI antes de ser transferido de Sobral para Fortaleza

LIXO E DANOS ESTRUTURAIS

VÍDEO: Vereador denuncia descaso da prefeitura em distrito de Poço Dantas: “Isso é uma imoralidade”

É GRATUITO

VÍDEO: comunidade Shalom realizará retiro religioso “Renascer” nos dias 22 a 25 de fevereiro em Sousa

EFEITOS PSICOLÓGICOS

VÍDEO: Advogado explica o que é alienação parental em crianças e adolescentes e como agir nesse caso