header top bar

section content

Pecuarista brasileiro é sequestrado e morto na fronteira após pedido de 100 mil dólares de resgate

Volpe disse que quando a polícia entrou no caso, o pecuarista já havia sido assassinado.

Por Ricardo Freitas

27/07/2019 às 06h43

Adilson Belho Dos Santos dos Santos e a esposa Librada Romero — Foto: Site:PorãNews/Reprodução

O pecuarista brasileiro Adilson Belho dos Santos foi morto na tarde desta sexta-feira (26) em Capitán Bado, município vizinho de Coronel Sapucaia (MS), região de fronteira com o Paraguai. De acordo com o Ministério Público do Paraguai, o assassinato ocorreu após criminosos sequestrarem o produtor rural e a família dele e exigirem 100 mil dólares de resgate.

O promotor Hugo Volpe, informou que um grupo armado e encapuzado invadiu a fazenda do pecuarista e sequestraram ele, a esposa e um filho do casal. De acordo com o promotor, não houve tempo para negociação e os bandidos decidiram liberar a mulher e o jovem, porém, mataram o pecuarista e fugiram.

Volpe disse que quando a polícia entrou no caso, o pecuarista já havia sido assassinado. O promotor falou ainda que não poderia informar se os suspeitos foram localizados nem outros detalhes sobre o crime para não prejudicar as investigações.

Fonte: Ricardo Freitas - https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/noticia/2019/07/26/pecuarista-brasileiro-e-sequestrado-e-morto-na-fronteira-apos-pedido-de-100-mil-dolares-de-resgate.ghtml

Recomendado para você pelo google

ESCLARECIMENTO PÚBLICO

VÍDEO: Médico e paciente negam ter havido relação sexual em hospital de Cajazeiras e repudiam fake news

CARNAVAL 2020

VÍDEO: Diretor da SCTrans fala sobre mudança no local da praça dos blocos para o Xamegão

PODE COMPRAR, PODE CONFIAR

VÍDEO: Maior loja de baterias da Paraíba lança superpromoção para Cajazeiras e região

MUDANÇA NA SITUAÇÃO

VÍDEO: Deputado diz que prefeito de Itaporanga desistiu da reeleição; irmão do parlamentar está cotado