header top bar

section content

VÍDEO: João Azevêdo rebate presidente Bolsonaro após ataque a governadores do Nordeste

O uso de um termo pejorativo pelo presidente da República para se referir aos nordestinos provocou a reação de governadores da região.

Por Luzia de Sousa

20/07/2019 às 09h57

Em áudio vazado durante uma conversa informal do presidente Jair Bolsonaro (PSL) com o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) assim que se sentou na mesa para dar início a um café da manhã com jornalistas da imprensa estrangeira no Palácio do Planalto, em Brasília nesta sexta-feira (19), ele declarou: “daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão; tem que ter nada com esse cara”.

VEJA TAMBÉM: ‘Daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão’, diz Bolsonaro

O uso de um termo pejorativo pelo presidente da República para se referir aos nordestinos provocou a reação de governadores da região, que manifestaram “espanto e profunda indignação”.

Os governadores do Maranhão e da Paraíba se manifestaram nas redes sociais. João Azevêdo (PSB), da Paraíba, disse condenar “qualquer postura que venha ferir os princípios básicos da unidade federativa e as relações institucionais deles decorrentes. A Paraíba e seu povo, assim como o Maranhão e os demais estados brasileiros, existem e precisam da atenção do governo federal independentemente das diferenças políticas existentes. Estaremos, neste sentido, sempre dispostos a manter as bases das relações institucionais junto aos entes federativos, vigilantes à garantia de tudo aquilo a que tem direito”. Publicou o governado na sua página social do twitter.

Repercussão
Os nove governadores do Nordeste assinaram uma carta criticando o comportamento de Jair Bolsonaro, que usou termo pejorativo para se referir aos nordestinos.

Leia a íntegra da carta:
“Carta dos Governadores do Nordeste
19 de Julho de 2019
Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal. Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população.

Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional. Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia.”

PORTAL DIÁRIO

Recomendado para você pelo google

SERVOS DE DEUS

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre a filiação divina e o exercício da mediunidade

SUCESSO

VÍDEO: Programa Acústico Diário recebe o cantor cajazeirense Fabinho Mendes com os sucessos do momento

VÍDEO

Corpo jovem desaparecida é encontrado em avançado estado de decomposição; amiga fala da relação com o ex

AO VIVO

ESPECIAL: Sessão da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba em Cajazeiras – 156 anos