header top bar

section content

VÍDEO: João Azevêdo chama pedido de impeachment de ‘excrescência’ e diz que se prosseguir, será ‘golpe’

Governador falou que cabe à Assembleia Legislativa discernir se trata-se de algo pontual ou se existe um grupo de deputados que têm interesse no processo

Por Érika Soares

11/02/2020 às 18h38 • atualizado em 11/02/2020 às 18h59

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), reafirmou a fala do deputado federal Damião Feliciano (PDT) durante entrevista a uma emissora de radio de João Pessoa, quando se referiu ao processo de impeachment como sendo um “golpe”.

Azevêdo disse que “o processo é desprovido de qualquer substância jurídica que possa garantir o prosseguimento”. Ainda acrescentou que não há como realizar o impeachment de duas pessoas ao mesmo tempo. “Seria inusitado mundialmente”.

VEJA TAMBÉM: Governador João Azevêdo faz balanço de primeiro ano de gestão na Assembleia Legislativa da Paraíba

O governador argumentou ainda que para haver o processo de impeachment é necessário que se tenha um crime de responsabilidade: “O processo é absolutamente desprovido de qualquer condição jurídica, aquilo é uma excrescência”, afirmou.

João Azevêdo falou que cabe à Assembleia Legislativa discernir se trata-se de algo pontual ou se existe um grupo de deputados que têm interesse no processo de impeachment.

PORTAL DIÁRIO

PAINEL

VÍDEO: Abuso de poder pode tornar candidato inelegível nas eleições 2020, alerta ministro do TSE

FEMINICÍDIO

VÍDEO: Delegado do caso Pâmella Bessa lamenta impunidade no Brasil e faz alerta para população

ALERTA

VÍDEO: Corpo de Bombeiros prevê aumento de incêndios na região de Cajazeiras até final do ano

INELEGÍVEIS OU NÃO?

VÍDEO: Ministro explica por que políticos ficha suja foram liberados para se candidatarem neste ano

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!