header top bar

section content

VÍDEO: Bolsonaro diz pretender vetar o ‘Fundão Eleitoral’ aprovado no Congresso Nacional

Segundo o presidente, o valor de quase R$ 6 bilhões poderia ser usado para concluir as obras hídricas do Nordeste

Por Luiz Adriano

20/07/2021 às 10h44 • atualizado em 20/07/2021 às 14h48

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), disse que pretende vetar o aumento do fundo eleitoral que foi incluído na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e aprovado pelo Congresso Nacional na última quinta-feira (15).

Bolsonaro defendeu que o valor poderia ser usado em investimentos pelo país e citou como exemplo a conclusão de obras em Porto Velho e Manaus; falou que o dinheiro daria para recapear uma parte considerável da malha rodoviária do Brasil; concluir pontes, e disse ainda que poderia ser concluída as obras de água para o Nordeste. O presidente enfatizou que o dinheiro sendo gasto com o Fundão é um desperdício e adiantou que não irá sancionar.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Bolsonaro alfineta Lula, critica urna e insinua desistência da eleição em 2022: ‘entrego a faixa’

A votação do Fundo Eleitoral foi realizada na Câmara e no Senado na última quinta-feira (15). (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado).

“Posso adiantar para você que não será sancionada, que afinal de contas, eu tenho que conviver em harmonia com o legislativo e nem tudo que eu apresento ao legislativo é aprovado, e nem tudo que o legislativo aprova vindo deles, eu tenho obrigação de aceitar por lado de cá, mas a tendência nossa é não sancionar isso dai em respeito ao trabalhador e ao contribuinte brasileiro”, ressaltou o executivo.

VOTAÇÃO

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022 foi aprovada no Congresso Nacional com os seguintes resultados: 278 votos a favor, 145 votos contra e uma abstenção, na votação da Câmara e 40 votos favoráveis e 33 contrários no Senado. O PLN 3/2021 segue agora para sanção presidencial.

PORTAL DIÁRIO

ÚLTIMA AUDIÊNCIA 2021

VÍDEO: João Azevêdo anuncia mais de R$ 67 milhões em obras para regiões de João Pessoa e Mamanguape

NA CHEGADA A CAJAZEIRAS

EXCLUSIVO: Chorando, ‘Galega da Asa’ diz que perdeu a cabeça ao ser agredida e pede perdão à sua mãe e à mãe da vítima: “Eu acabei com duas famílias”

MENOS DE ZERO GRAU

VÍDEO: Biólogo lamenta temperaturas baixas em São Paulo, perdas na lavoura e população de rua abandonada

MAIS UM MUTIRÃO

VÍDEO: População reclama de demora e longas filas para receber ficha de vacinação em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!